Campus Guarulhos • Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Programa de Pós-Graduação em Educação 

Mestrado Acadêmico

O Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) conta com cinco Linhas de Pesquisa:

1. Educação: Desigualdade, Diferença e Inclusão;

2. Educação, Estado, Trabalho;

3. Escola Pública, Formação de Professores e Práticas Pedagógicas;

4. História da Educação: Sujeitos, Objetos e Práticas;

5. Linguagens e Saberes em Contextos Formativos

Propõe-se a cumprir a função social na produção de novos conhecimentos e formação de pesquisadores, mediante estudos e pesquisas educacionais.

O curso de mestrado do PPGE é integralmente gratuito.

As aulas no PPGE são presenciais, semanais e ocorrem, predominantemente, no período da manhã, entre 9h e 13h.


Clique nos itens abaixo para saber mais:

Estrutura curricular 

Na nova estrutura curricular há de se atentar para o equilíbrio pretendido entre organicidade e diferenciação, visando a alimentar o diálogo entre as vertentes investigatórias incorporadas ao Programa, com suas especificidades temáticas e epistemológicas, assim como dar munição aos estudos, em profundidade, dos temas específicos e das vertentes teóricas abraçadas pelos docentes. Com vistas a dar densidade à dupla perspectiva – coesão e diferenciação – a nova estrutura curricular foi configurada a partir de um núcleo de fundamentos ao qual se acrescentam disciplinas, seminários e atividades diferenciadas, segundo as linhas, os planos de pesquisa docentes e mais especificamente os projetos de pesquisa dos mestrandos e doutorandos.

O currículo do mestrado fica organizado em 40 (quarenta) créditos assim distribuídos:

1.NÚCLEO DE FUNDAMENTOS: 05 (cinco) créditos obrigatórios

a) Cada disciplina integrante do núcleo de fundamentos equivale a cinco (5) créditos.

b) Este núcleo foi formado a partir da indicação de uma disciplina de cada uma das linhas de pesquisa; assim, tal núcleo será composto por cinco disciplinas.

c) A disciplina apresentada pela linha de pesquisa, que ficará responsável por sua oferta uma vez ao ano (em qualquer um dos semestres), deverá garantir a formação geral do pós-graduando, no que diz respeito àqueles aportes teóricos indicados na ementa da linha. Assim, a linha contribuirá para a formação mais ampla na área da Educação e não, exclusiva ou necessariamente, para aquilo que é específico da linha de pesquisa (que será tratado nos Seminários de estudos avançados e nas Atividades dos grupos de pesquisa).
d) Os alunos deverão cursar, obrigatoriamente, a disciplina do núcleo de fundamentos da linha de pesquisa na qual ingressou, não sendo permitida a substituição por SEA.

2. SEMINÁRIOS DE ESTUDOS AVANÇADOS (SEA): 15 (quinze) créditos.

a) Cada SEA equivale a cinco (5) créditos.

b) Todos os docentes apresentarão propostas de SEA (com duração semestral, destinados aos mestrandos e doutorandos).

c) Os SEA guardam estreita vinculação à linha de pesquisa e aos seus aportes teóricos, oferecendo, assim, aos pós-graduandos que ingressarem nas respectivas linhas de pesquisa referenciais para o tratamento das temáticas implicadas.
d) A critério do orientador, o aluno poderá substituir SEA por disciplina do Núcleo de Fundamentos.

3. SEMINÁRIOS DE GRUPOS DE PESQUISA: 02 (dois) créditos.

a) Ao longo do curso, mestrandos e doutorandos participarão das atividades de grupo de pesquisa certificado pelo CNPq, liderado pelo orientador ou do qual ele faça parte; conforme objeto de pesquisa, poderá ser ainda outro grupo indicado pelo orientador. Os créditos só serão conferidos ao final do curso, mediante atestado emitido pelo líder do grupo de pesquisa.

4. OUTROS CRÉDITOS:

a) 02 (dois) créditos para atividades de orientação; 

b) 01 (um) crédito para participação em eventos da área (com apresentação de trabalho) ou publicação de artigo em periódico da área de Educação, com classificação Qualis B4 ou superior.

 

5. ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO: 15 (quinze) créditos.

a) Atribuídos à elaboração do trabalho final aprovado por banca em sessão pública de defesa.

Requisitos para obtenção de título

O curso é oferecido anualmente e prevê o ingresso, mediante processo seletivo. A seleção dos candidatos será realizada considerando o curriculum vitae, o projeto de pesquisa, a prova escrita e a entrevista.

Conforme Regulamento, os discentes devem cursar, no mínimo, 4 disciplinas. A organização para cumprí-las decorre de acordo com o orientador, sendo obrigatória a matrícula em, no mínimo, uma disciplina no primeiro semestre do curso.

Durante o curso, o aluno será submetido às seguintes formas de avaliação:

1. A frequência obrigatória às disciplinas (que não poderá ser inferior a 75% do total de horas programadas);

2. Rendimento igual ou superior a 7,0 em todas as atividades desenvolvidas;

3. Aprovação no exame de qualificação;

4. Aprovação no exame de proficiência em língua estrangeira;

5. Integralização dos créditos previstos no plano de estudos;

6. Aprovação da dissertação em sessão pública. Tais critérios obedecem ao Regulamento do Programa.

Ementário

As disciplinas que integram os cursos de pós-graduação terão expressão em créditos estabelecidos conforme as normas definidas pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

1. Créditos
Os créditos serão conferidos aos Pós-Graduandos que cumprirem as exigências da Disciplina e forem aprovados com frequência superior a 75% das aulas ministradas.

Créditos de disciplinas de programas de Pós-graduação externos à Unifesp deverão ser previamente autorizado pelo orientador, sendo posteriormente validados pelo mesmo e aprovados pela CEPG.


2. Consulte as ementas das disciplinas do Núcleo de Fundamentos e dos Seminários de Estudos Avançados previstos na matriz curricular do Programa no Catálogo de Disciplinas.


3. Avaliação
Os níveis de aproveitamento escolar do aluno, em cada disciplina, serão expressos por meio dos seguintes conceitos:

I. A –Excelente, com direito às Unidades de Crédito;
II. B –Bom, com direito às Unidades de Crédito;
III. C –Regular, com direito às Unidades de Crédito;
IV. D –Reprovado, sem direito às Unidades de Crédito.

Bolsas de estudo

O Programa de Pós-Graduação em Educação é atendido pelo Programa Demanda Social (DS) mantido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Por meio deste programa são distribuídas bolsas de estudo aos alunos, tendo como referência o mérito acadêmico e atendidos demais critérios da agência. O processo de concessão de bolsas é regulado no âmbito do programa por edital específico, sempre que houver bolsas a serem concedidas. Em virtude da quantidade insuficiente de bolsas para atender a todos os alunos, recomendamos aos estudantes que procurem outras fontes e agências de fomento. As normas vigentes para a concessão de bolsas no âmbito do PPGE UNIFESP podem ser consultadas aqui
Além da CAPES, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) concede bolsas para a formação de recursos humanos no campo da pesquisa científica e tecnológica, em universidades, institutos de pesquisa, centros tecnológicos e de formação de profissional, tanto no Brasil como no exterior. Para concorrer às bolsas ofertadas por essa agência é preciso observar o calendário e edital específico. Especificamente no estado de São Paulo também é possível solicitar, em fluxo contínuo, bolsas de estudo à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).
Além das opções apresentadas, os alunos estrangeiros podem ser beneficiados por editais específicos, como, por exemplo, o Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG), criado oficialmente em 1981, que oferece bolsas de estudo para nacionais de países em desenvolvimento com os quais o Brasil possui acordo de cooperação cultural e/ou educacional, para formação em cursos de pós-graduação strictu sensu (mestrado e doutorado) em Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras.
Para conhecer melhor as normas das diferentes agências, seus critérios e regras de concessão acesse os sítios eletrônicos da CAPES, CNPq, FAPESP e PEC-PG/CAPES.

Atualmente a comissão de bolsas do PPGE, responsável pela condução do processo de concessão e acompanhamento do bolsista, tem a seguinte composição:
Coordenador do PPGE: Prof. Dr. Luiz Carlos Novaes
Docente: Profa. Dra. Isabel Melero Bello 
Docente: Profa. Dra. Jerusa Vilhena de Moraes
Discente: Erick Dantas da Gama


INGRESSO NO MESTRADO ACADÊMICO

© 2013 - 2021  Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Campus Guarulhos da Unifesp • Edifício Arco - Sala 33 • Estrada do Caminho Velho, 333  - Jardim Nova Cidade • CEP 07252-312 Guarulhos - SP •  ppg.educacao@unifesp.br